14 agosto 2011

Um novo eu




Antes de ser mãe, eu fazia e comia
os alimentos ainda quentes.
Eu não tinha roupas manchadas,
tinha calmas conversas ao telefone.

Antes de ser mãe, eu dormia o quanto eu queria,
Nunca me preocupava com a hora de ir para a cama.
Eu não me esquecia de escovar os cabelos e os dentes

Antes de ser mãe,
eu limpava minha casa todo dia.
Eu não tropeçava em brinquedos e
nem pensava em canções de ninar.

Antes de ser mãe, eu não me preocupava:
Se minhas plantas eram venenosas ou não.
Imunizações e vacinas então,
eram coisas em que eu não pensava.

Antes de ser mãe,
ninguém vomitou e nem fez xixi em mim,
Nem me beliscou sem nenhum cuidado,
com dedinhos de unhas finas.

Antes de ser mãe,
eu tinha controle sobre a minha mente,
Meus pensamentos, meu corpo e meus sentimentos,
e dormia a noite toda.

Antes de ser mãe, eu nunca tive que
segurar uma criança chorando,
para que médicos pudessem fazer testes
ou aplicar injeções.
Eu nunca chorei olhando pequeninos
olhos que choravam.
Nunca fiquei gloriosamente feliz
com uma simples risadinha.
Nem fiquei sentada horas e horas
olhando um bebê dormindo.

Antes de ser mãe, eu nunca segurei uma criança,
só por não querer afastar meu corpo do dela.
Eu nunca senti meu coração se despedaçar,
quando não pude estancar uma dor.
Nunca imaginei que uma coisinha tão pequenina,
pudesse mudar tanto a minha vida e
que pudesse amar alguém tanto assim.
E não sabia que eu adoraria ser mãe.

Antes de ser mãe, eu não conhecia a sensação,
de ter meu coração fora do meu próprio corpo.
Não conhecia a felicidade de
alimentar um bebê faminto.
Não conhecia esse laço que existe
entre a mãe e a sua criança.
E não imaginava que algo tão pequenino,
pudesse fazer-me sentir tão importante.

Antes de ser mãe, eu nunca me levantei
à noite toda, cada 10 minutos, para me
certificar de que tudo estava bem.
Nunca pude imaginar o calor, a alegria, o amor,
a dor e a satisfação de ser uma mãe.
Eu não sabia que era capaz de ter
sentimentos tão fortes.

Por tudo e, apesar de tudo, obrigada Deus,
Por eu ser agora um alguém tão frágil
e tão forte ao mesmo tempo.

Obrigada meu Deus, por permitir-me ser Mãe!


(Silvia Schmidt)

13 comentários:

  1. Não há amor mais puro e sincero que o amor de mãe, admiro a minha mãe e todas as outras que conseguem educar e criar seus filhos com carinho e amor.

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Amei, somos novas, apesar de a minha ter 2 anos, mais ainda sim, uma nova pessoa e ainda aprendendo muito :)

    ResponderExcluir
  3. Ah que lindoo!
    Sem dúvida muda tudo na vida, mas é maravilhoso né?!

    E você está sendo uma ótima mãe. Imagina quando ela for mocinha amiga? As duas lindonas vão dar trabalho pro seu Rodrigo hehe

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. E espero um dia sentir essa mesma sensação que vc sente.. que acredito ser maravlhoso =) PARABEBS

    ResponderExcluir
  5. Gente, mas que coisinha mais "totosa" que ta essa Alice heim?
    Ela ta linda Nina! e como muda o rostinho neh?
    Vontade de apertar!!!!!!

    E que poema maravilhoso! nao vejo a hora de acontecer comigo x) hehe.
    E olha, ficarei muito feliz se vc vier viu?!
    Preciso te mandar um e-mail dps contando das (poucas) news daqui... rs.

    Quem sabe se vc vier ano que vem, eu ja esteja morando numa casinha legal ;D por enquanto estamos no apt msm.

    Bom amiga, me escreva qdo puder! mas nao se preocupe com isso, sei que esse comeco nao eh nada facil! mas com o passar do tempo, tudo so melhora ;]
    E qdo vc menos esperar, a mocinha ja vai ta te ajudando por ae ;)

    Fiquem com Deus!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Coisa marrrrrrr lindaaaa meu Deusssssssss...
    Felicidades amigas... Vocês merece!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Amada, tem selinho pra você lá no blog :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Claro que eu entendo amada!
    Não se preocupe com isso, o importante é saber que estão bem :)
    Sinto sua falta mas a vida tá corrida pra todo mundo né?!

    Fiquem bem queridas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Que lindo flor ^^ que papai do céu abençoe essa mamãe linda e essa bebê fofa!!:D bjos

    ResponderExcluir
  10. Alice linda e fofa, e essse texto é a realidade das mamães mesmo, muito legal,
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Alicinhaaaaaaaaaaaa fofaaaaaaaaa!!!

    Ai nina, sua princesa é linda :)

    ResponderExcluir
  12. amigaaa lindo esse texto e emocionante, mas confesso que me dá um certo frio na barriga.Ser mãe é bonito mas exige!Muito!

    Tbm ando numa vida bem corrida esses tempos e preciso te ligar, só que nunca sobra tempo, JESUS!

    Por que não estou conseguindo comentar nos seus posts mais recentes????

    Beijos

    ResponderExcluir

|||||| URBANO CHIC ||||||

Deixe seu comentário...ficarei feliz!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...