06 abril 2012

Trote telefônico

O Art.266 do Código Penal descreve que “Interromper ou perturbar o serviço…telefônico” é crime e o infrator poderá incorrer em pena de detenção de um a seis meses ou multa.

Hoje, em pleno feriado (paixão de Cristo), o desrespeito invadiu a minha casa pelo telefone. No primeiro telefonema com a minha filha no colo atendi. "Alô? Posso falar com a Tatiana?". Naturalmente que eu respondi que ele havia ligado no número errado pq aqui não havia nenhuma Tatiana. E ele com muita audácia me respondeu que tinha ligado no número certo sim! E começou a me perguntar qual era o meu nome. Eu disse que não interessava e desliguei. Eu já sabia que ele ligaria novamente. Chamei meu marido que estava no banho e pedi que ele atendesse pois se tratava de um muleque passando trote. Ele atendeu e aí começou a novela. Primeiro pediu pra falar com Alan, e meu marido respondeu o mesmo que eu. Daí começou com uma série de ameaças. Disse nossos nomes, que sabia onde a gente morava e que sabia até onde meu marido estava parado. Provocou meu marido dizendo que fez e aconteceu comigo, o que fez o sangue dele subir imediatamente. Me senti completamente coagida! A pior parte ainda não chegou... Meu marido foi até a delegacia mais próxima e eles se recusaram a fazer um registro da ocorrência. Daí resolvi fazer meu P.O. (post de ocorrência). Obrigada Polícia Civíl e Militar pela ineficiência! Dito que só era possível registrar a ocorrência tendo o número de quem ligou, sendo que a operadora só libera a quebra de sigilo telefônico com boletim de ocorrência. E aí como faz minha gente???? A impunidade reina no Brasil não é mesmo? Fica através desse post registrado o ocorrido. Caso venha a acontecer algo comigo ou com a minha família, fica aqui o meu relato.

6 comentários:

  1. Nossa Nina, que coisa horrível.
    Vivemos mesmo em um país de merda (desculpe o palavreado). Onde a justiça não é feita. Ou melhor, nem tentam. Garanto que se fosse com a família de algum policial, quero ver se o caso ficava parado.
    Força aí. Tomara q isso n volte a acontecer! =[

    ResponderExcluir
  2. Nossa amiga que horror! O que nao falta nesse mundo é gente que nao tem o que fazer e fica a perturbar a paz alheia, voce fez a sua parte, mas infelizmente quem deveia continuar deixou pra la.
    Aqui na Italia nao existe disque denuncia, ou seja se eu denuncial alguém ou alguma situaçao tenhoa que me identificar e eu pergunto: Onde fica a minha segurança?
    E' realmente um porre, mas continue fazendo a sua parte.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Sabe amiga, depois que li seu post fiquei pensando... Com certeza é alguém que conhece vocês mas deve estar fazendo só pra atormentar. Infelizmente existem pessoas assim que não se contentam em ver as pessoas em paz, felizes. Fique tranquila porque como te falei, vocês estão protegidos :)

    Agora sem comentários sobre essa sacanagem da polícia... É assim mesmo quando mais precisamos não temos apoio. Mas se for pra falar da polícia entraríamos numa discussão sem fim, o que não é o caso.

    Se cuidem...
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Terrível isso relamente só pedemos contar com a proteção de Deus, que Ele proteja você e sua família.

    ResponderExcluir
  5. Credo Nina, que coisa horrivel!
    Isso me da uma "descrenca" tao grande de pensar em voltar morar ae.. :~
    Eh claro que tem mta coisa boa e a gente nao pode se abater com isso!
    O problema eh o descaso das autoridades! nao vou nem citar outras coisas gravissimas como: os bebados matando os outros, os sequestros relampagos e por fim, os politicos enfiando a mao no dinheiro dos outros sem do!

    Enfim, Deus esta com vcs! e nao vai acontecer nada nao!
    Fique com Deus!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Ei Nina.

    Tive um problema semelhante tem pouco tempo e, apesar de ser mais confiante, meio pedante (confesso), fiquei com medo - isso pq não tinha um bebê, um marido, um lar pra me responsabilizar...então imagino seu susto. Na época me indicaram que realmente talvez não conseguisse registrar o bo, mas podia fazer uma queixa na delegacia civil ou na feminina e pedir restrição - se eu tivesse ideia de quem era.

    Graças a Deus, no meu caso, inverter o jogo deu resultado. Gastei tempo e paciência - e uma boa dose de coragem - mas fiz o inverso: ameacei de volta, dando todas as informações que consegui reuni a partir do rastreio do número. Resolveu. Mas brincar nunca é bom.

    Fica de olho, e tome cuidado. Se Deus quiser nada acontecerá.
    =*

    ResponderExcluir

|||||| URBANO CHIC ||||||

Deixe seu comentário...ficarei feliz!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...